Quebeck - Automação e Controle - Glossário

Este Glossário apresenta uma seleção de palavras e termos técnicos utilizados nas áreas de logística, automação e tecnologia da informação. 

A
- B - C - D - E - F - G - H - I - J - K - L - M - N - O - P - Q - R - S - T - U - V - W - X - Y - Z

802.11: padrão IEEE 802.11 define as soluções de espectro de dispersão tanto ?Frequency Hopping (FH)? como ?Direct Sequence (DS)? para uso na faixa de 2,4 a 2,5 MHz ISM (Industrial, Científico, Médico).

802.11ª: a parte da especificação 802.11 que define a taxa de dados de 54 Mbps.

802.11b: a parte da especificação 802.11 que define a taxa de dados de 11 Mbps


ABC Classification ou Classificação ABC - Utilização da Curva de Pareto para classificar produtos em três categorias, usando critérios de demanda e valor. Itens do grupo "A" - pouca quantidade, mas representam grande valor.
Itens do grupo "B" - quantidade e valores intermediários.
Itens do grupo "C" - muita quantidade, mas representam pouco valor.
Access Point (ponto de acesso): proporciona uma ponte entre a LAN Ethernet cabeada e a rede sem fio. Pontos de acesso são os pontos de conectividade entre as redes cabeadas Ethernet e os dispositivos (laptop, dispositivos portáteis, terminais de ponto de venda) equipados com um cartão de rede local sem fio.
Acuracidade - Grau de ausência de erro ou grau de conformidade com o padrão.
Acuracidade do inventário (como indicador de eficácia) - É a quantidade de itens com saldo correto, dividida pela quantidade de itens verificados, vezes 100.
Aftermarket - Pós-venda.
Alternate Feedstock - Estoque de Abastecimento Alternativo.
Análise Estatística - Serve de subsídio gerencial para analisar a frequência e intensidade de qualquer item durante determinado período estabelecido.
ANP - Automated Negotiation Protocol ou Protocolo de Negociações Automatizadas.
APS - Advanced Planning Scheduling ou Planejamento da demanda do suprimento, programação, execução avançada e otimização.
Área de Expedição - É a área demarcada nos armazéns, próxima das rampas/plataformas de carregamento, onde os materiais que serão embarcados/carregados são pré-separados e conferidos, a fim de agilizar a operação de carregamento. 
Área de Quebra - É a área demarcada nos armazéns, geralmente próxima da entrada,   onde as embalagens, produtos e materiais recebidos são desembalados, separados, classificados e até reembalados de acordo com o sistema ou interesse de armazenamento do armazém/empresa. 
Armazém ou Warehouse - Lugar coberto, onde os materiais/produtos são recebidos, classificados, estocados e expedidos.
Armazenagem - É a parte da logística responsável pela guarda temporária de produtos em geral (acabados, matérias-primas, insumos, componentes, etc.). Pode ter uma variação de tipo de local físico, conforme característica e necessidade do produto, como por exemplo, local coberto, local descoberto, local com temperatura controlada, etc. Pode ter variação de tipo de estocagem, conforme característica e necessidade do produto, como por exemplo prateleira, gaveta, cantilever, baia, etc.
Assemble to Order - Só é fabricado por encomenda.
Atendimento de Pedidos (como indicador de eficácia) - É a quantidade de pedidos atendidos prontamente, dividida pelo total de pedidos recebidos, vezes 100.
Auto Id - Identificação Automática.
Automação ? Está relacionado a automatização de procesos e sistemas, tornando-os independente da atuação manual e repetitiva do ser humano.

Backflushing ou Baixa por Explosão - Baixa no estoque do grupo de peças e componentes utilizados na montagem ou fabricação de determinado equipamento ou produto.
Back Order - Pedido em atraso.
Backlog - Pedido pendente.
Baia - Denominação utilizada nas indústrias para áreas geralmente abertas, destinadas ao armazenamento de insumos, geralmente a granel. São numeradas para localização, identificação e controle.
Bar Code - Código de barras.
Batch Pick - Separação em Lote.
Batch Processing - Processamento por Lotes.
Benchmarking ou Marcos Referenciais - Processo sistemático usado para estabelecer metas para melhorias no processo, nas funções, nos produtos etc., comparando uma empresa com outras. As medidas de benchmark derivam, em geral, de outras empresas que apresentam o desempenho ?Melhor da classe?, não sendo necessariamente  concorrentes. A empresa tem que adaptar o modelo, de acordo com o seu dia a dia (próprias características).
Big-Bag - Expressão popular de se chamar os contentores ou contenedores flexíveis, geralmente feito de polietileno.
B/L - Bill of Lading ou Conhecimento de Embarque.
Blocagem ou Block Stacking - Empilhamento simples sem uso de porta-paletes, no qual os paletes são empilhados diretamente no chão.
Block Scheduling - Programação por Blocos.
Block Stacking - Empilhamento dos paletes diretamente no chão.
Bluetooth: veja WPAN, Redes Pessoais Sem Fio.
BPF - Boas Práticas de Fabricação.
Break-Even Point - É o ponto de equíbrio ou nível de produção ou nível de volume de vendas a partir do qual o empreendimento ou negócio se torna rentável. Qualquer valor abaixo do Ponto de Equilíbrio significa prejuízo.
BSC - Balanced ScoreCard ou Indicadores de Desempenho Organizacional.
BTB ou B2B - Business-to-Business ou comércio eletrônico entre empresas.
BTC ou B2C - Business-to-Consumer ou comércio eletrônico de empresas para o consumidor.
Budgets - Orçamento.
Bulk Cargo - Carga à granel, ou seja, sem embalagem.
Bulk Storage - Estocagem à granel. 
Business Intelligence - Conjunto de softwares que ajudam em decisões estratégicas.

Cálculo de Necessidades - É o método de programação da produção, baseado na demanda derivada, ou seja, todas as peças, componentes, materiais e suprimentos que vão no produto ou serviço final.
Caminhões na Prateleira - Expressão utilizada no transporte rodoviário, que significa quando há ociosidade na utilização de caminhões, ficando parados à disposição de uma eventual utilização. 
Cascading Yield Loss ou Acúmulo de Perdas de Rendimento -É quando ocorre perda de rendimento em muitas operações e/ou tarefas.
CEO - Chief Executive Operation ou Officer.
CEP - Controle Estatístico do Processo. Metodologia usada para o controle de dados de forma estatística para o aprimoramento contínuo da qualidade.
CIM - Computer Integrated Manufacturing ou Manufatura Integrada com Computadores.
Cobertura Média ou CM - É a indicação de quantas vezes o estoque se renovou durante o período (n). CM = 12/Cr ou sejam os 12 meses do ano divididos pelo coeficiente de rotação.
Code Stitching - Tecnologia que permite decifrar e reconstruir os códigos de barras danificados ou truncados.
Coeficiente de Rotação - É a relação entre as retiradas de um estoque e o seu próprio estoque médio: Cr =  saídas/estoque médio.
Compra Especulativa - É quando mesmo não havendo  necessidade da aquisição, poderá ser feita, baseada em fatores como contratos, previsões de aumento de preços, incertezas da disponibilidade do material em um futuro próximo e políticas estratégicas.
Conhecimento de Transporte -Documento emitido pela transportadora, baseado nos dados da Nota Fiscal, que informa o valor do frete e acompanha a carga. O destinatário assina o recebimento em uma das vias.
Consolidação de Cargas - Consiste em criar grandes carregamentos a partir de vários outros pequenos. Resulta em economia de escala no custo dos fretes. É preciso um bom gerenciamento para utilizar este método, pois é necessário analisar quais cargas podem esperar um pouco mais e serem consolidadas. Se mal executado, compromete a qualidade do serviço de transportes, pois gerará atrasos.
Continuous Improvement (melhoria contínua) - Componente essencial no just-in-Time e na Qualidade Total que reflete uma determinação inabalável para eliminar as causas dos problemas. É o oposto da mentalidade de ?apagar  incêndios?.
Contract Logistic - Logística contratada. Operação delegada ao operador logístico.
Core Business - Relativo ao próprio negócio ou especialidade no negócio que faz.
Cost Drivers - Fatores Direcionadores de Custos.
Cota - Quantidade especificada e limitada para produção, aquisição, importação ou exportação. Os fatores para limitação são os mais variados.
CPC - Commerce Planning Colaboration.
CPFR -Collaborative Planning, Forecasting and Replenishment ou Planejamento Colaborativo de Previsão e Reabastecimento.
CPM - Critical Path Method ou Método do Caminho Crítico.
CRM - Customer Relationship Management ou Gerenciamento do Relacionamento com o Cliente ou Marketing One to One.
Cronograma - É estabelecer sequencialmente as tarefas/trabalhos a serem executados, de acordo com datas estipuladas para cada tarefa/trabalho desta sequência.
Cross Docking - É uma operação de rápida movimentação de produtos acabados para expedição, entre fornecedores e clientes. Chegou e já sai (transbordo sem estocagem).
CRP - Continuous Replenishment Process ou Programa de Reabastecimento Contínuo.
CTD - Combined Transport Document ou Documento de Transporte Combinado.
CTI - Computer Telephony Integrated ou Sistema Integrado de Telefonia e Computação.
Cubagem ou Cubage -Volume cúbico disponível para estocar ou transportar. Calcula-se o metro cúbico multiplicando-se o comprimento pela largura e pela altura.
Custo de Falta ou Stockout Cost - É o custo considerado pela falta de um item, por falta de estoque, quando se recebe um pedido. Este custo pode ser variado, devido a se perder um pedido total ou parcial, pelo custo de se repor de forma urgente ou pelo custo de se alterar toda a programação de produção para fabricá-lo.
Custo de Obsolescência ou Obsolescence Cost - É o custo de se manter em estoque itens obsoletos ou sucateados. Geralmente os itens obsoletos são componentes de equipamentos ou máquinas fora de linha de fabricação.
Custo de Oportunidade ou Opportunity Cost - É a taxa de retorno do capital investido que uma empresa ou pessoa espera ter, referente a um investimento diferente dos habituais ou normais que utiliza.
Custo do Capital em Estoque (materiais em processo) - É o valor médio do estoque em processo, vezes custo do capital, dividido pela receita operacional líquida, vezes 100%.
Custo do Capital em Estoque (matérias-primas) - É o valor médio do estoque de matérias-primas, vezes custo do capital, dividido pela receita operacional líquida, vezes 100%.
Custo do Capital em Estoque (produtos acabados) - É o valor médio do estoque de produtos acabados, vezes custo do capital, dividido pela receita operacional líquida vezes 100%.
Custo do Pedido ou Order Cost - É o custo considerado somando basicamente as operações de fazer a solicitação a Compras, acompanhar seu atendimento, fazer o recebimento, inspecionar quando da chegada, movimentá-lo internamente e fazer seu pagamento.
Custo Logístico - É a somatória do custo do transporte, do custo de armazenagem e do custo de manutenção de estoque.

Data Warehouse - Armazenamento de dados.
Data Terminal (terminal de dados): equipamento que transmite para, e recebe do computador, uma grande variedade de terminais sem capacidade de processamento (terminais burros) na forma lógica programada. A maioria dos terminais de dados oferece uma interface do usuário para um servidor mais capacitado, como um computador central (mainframe) ou computador médio.
DDP ou Door to Door - Delivered Duty Paid ou Entregue com Taxas Pagas.
DDU - Delivered Duty Unpaid ou Entregue sem Taxas Pagas.
Demanda - Em busca ou em procura de um produto ou serviço no mercado.
Demand Chain Management - Gerenciamento da Cadeia de Demanda.
DFM  -Design for Manufacturing ou Projeto para Manufatura.
Diagrama de Fluxo - Representação gráfica das variações ou fluxo de materiais.
Distribuição - É a parte da logística responsável pelo transporte de cargas
de forma pulverizada, para cada cliente ou ponto de venda.
Docas ou Docks - É o local intermediário que as mercadorias ficam entre a expedição e os transportes (vários modais), a fim de facilitar e agilizar a operação de carregamento e descarregamento.
Downsizing - Redução dos níveis hierárquicos em uma organização com o objetivo de aproximar os níveis operacionais da alta direção.
DPS - Digital Picking System.
DRP - Distribution Resource Planning ou Planejamento dos Recursos de Distribuição.
Dumping - É quando há subsídios e produtos a um custo menor do que o real de fabricação.
EAI - Enterprise Application Integration, que faz a integração de sistemas internos.
ECR - Efficient Consumer Response ou Resposta Eficiente ao Consumidor.
EDI - Electronic Data Interchange ou Intercâmbio Eletrônico de Dados.
ELQ - Economic Logistic Quantity ou Quantidade Logística Econômica. É a quantidade que minimiza o custo logístico.
Embalagem ou Package - Envoltório apropriado, aplicado diretamente ao produto para sua proteção e preservação até o consumo/utilização final.
Ending Inventory - Inventário Final.
Endomarketing - Marketing interno realizado por meio de um conjunto de ações desenvolvidas para conscientizar, informar  e motivar o indivíduo.
EOQ - Economic Order Quantity ou Lote Econômico.
EPI - Equipamento de Proteção Individual.
ERP - Enterprise Resource Planning ou Planejamento dos Recursos do Negócio.
Estoque - É a parte da logística responsável pela guarda de produtos e uma das atividades da armazenagem. Geralmente este termo é utilizado para produtos acabados. Pode ter uma variação de tipo de local físico, conforme característica e necessidade do produto, como por exemplo, local coberto, local descoberto, local com temperatura controlada, etc. Pode ter variação de tipo de estocagem, conforme característica e necessidade do produto, como por exemplo prateleira, gaveta, cantilever, baia, etc.
Estoque de Proteção ou Hedge Inventory -É feito quando excepcionalmente está previsto um acontecimento que pode colocar em risco o abastecimento normal de estoque e gerar uma quebra na produção e/ou vendas. Normalmente são greves, problemas de novas legislações, período de negociação de nova tabela de preços, etc.
Estoque de Segurança ou Safety Stock - Quantidade mantida em estoque para suprir nas ocasiões em que a demanda é maior do que a esperada e/ou quando a oferta para repor estoque ou de matéria-prima para fabricá-la é menor do que a esperada e/ou quando o tempo de ressuprimento é maior que o esperado e/ou quando houver erros de controle de estoque que levam o sistema de controle a indicar mais material do que a existência efetiva.
Estoque em Trânsito - Refere-se ao tempo no qual as mercadorias permanecem nos veículos de transporte durante sua entrega.
Estoque Inativo -
Refere-se a itens que estão obsoletos ou que não tiveram saída nos últimos tempos. Este tempo pode variar, conforme determinação do próprio administrador do estoque.
Estoque Máximo - Refere-se a quantidade determinada previamente para que ocorra o acionamento da parada de novos pedidos, por motivos de espaço ou financeiro.
Estoque Médio - Refere-se a quantidade determinada previamente, que considera a metade do lote normal mais o estoque de segurança.
Estoque Mínimo - Refere-se a quantidade determinada previamente para que ocorra o acionamento da solicitação do pedido de compra. Às vezes é confundido com "Estoque de Segurança". Também denominado "Ponto de Ressuprimento".
Estoque Pulmão - Refere-se a quantidade determinada previamente e de forma estratégica, que ainda não foi processada. Pode ser de matéria-prima ou de produtos semi-acabados.
Estoque Regulador -É normalmente utilizado em empresas com várias unidades/filiais, onde uma das unidades tem um estoque maior para suprir possíveis faltas em outras unidades.
Estoque Sazonal - Refere-se a quantidade determinada previamente para se antecipar a uma demanda maior que é prevista de ocorrer no futuro, fazendo com que a produção ou consumo não sejam prejudicados e tenham uma regularidade.
EVA - Economic Value Added ou Valor Econômico Agregado.

FCS - Finite Capacity Schedule ou Programação de Capacidade Finita.
FEFO - First-Expire, First-Out ou Primeiro que Vence é o Primeiro que Sai. Serve para gerenciar a arrumação e expedição das mercadorias do estoque de acordo com o prazo de validade.
FIFO - First-In, First-Out ou Primeiro que Entra é o Primeiro que Sai (PEPS).
FIO -Free In and Out ou isento de taxas no embarque e no desembarque. Despesas de embarque são do exportador e as de desembarque do importador. Nada de responsabilidade do Armador.
FMEA - Análise do Modo de Falha e Efeito.
FOB - Free On Board ou Preço sem Frete Incluso (posto a bordo). Denominação da cláusula de contrato segundo a qual o frete não está incluído no custo da mercadoria. Tem algumas variações de FOB. Pode ser FOB Fábrica, quando o material tem que ser retirado e FOB Cidade, quando o fornecedor coloca o material em uma transportadora escolhida pelo cliente.
Food Town - local que reúne vários fornecedores de um mesmo cliente em comum.
Freight Forwarder ou Expedidor de Frete - Empresa ou profissional autônomo que são responsáveis por toda a operação que consiste em preparar a consolidação de cargas e seu transporte, da origem até o destino final. Esta preparação engloba todo o acerto da documentação necessária.
Fulfillment -atender no tempo e no prazo. É o conjunto de operações e atividades desde o recebimento de um pedido até sua entrega.

Gargalo ou Bottleneck - Instalação, função, departamento ou recurso que impede a produção, pois sua capacidade é inferior ou idêntica à demanda.
Gateway: elemento opcional numa conferência H.323. O gateway faz uma ponte entre conferências H.323 e outras redes, protocolos de comunicações e formatos multimídia. Gateway não é requerido se conexões com outras redes ou terminais não H.323 compatíveis não forem necessárias.
GED -Gerenciamento Eletrônico de Documentos.
GHz: a unidade internacional para medir freqüência é Hertz (Hz), que é equivalente à antiga unidade ciclos por segundo. Um Gigahertz (GHz) é igual a um bilhão de Hertz. Fornos de microondas, por exemplo, operam tipicamente a 2,45 GHz.
Giro de Estoque -demanda anual dividida pelo estoque médio mensal.
Giro de Inventário - receita operacional líquida dividida pelo saldo médio do inventário (vezes).
GPS - Global Positioning System ou Sistema de Posicionamento Global.
Gráfico de Barras ou de Gantt - É um gráfico com todas as atividades sequenciais de uma operação / projeto / produção, onde para cada operação tem uma barra com o tamanho de sua duração.
Gross Weight - Peso bruto da carga. Inclui a carga mais a embalagem (ou invólucro).
GSM - Global System for Mobile communications ou Sistema Global para Comunicações Móveis.

Hand-held PC (HPC): PC portátil. O termo adotado pela Microsoft e por seus patrocinadores para descrever computadores portáteis que empregam o sistema operacional Windows CE da Microsoft.

Handling Charge - Despesas de manuseio ou movimentação de carga.
Housekeeping - técnica para iniciar e manter os processos de Qualidade e Produtividade Total em uma empresa.
HTML -Hypertext Markup Language.
Hub - Ponto central para coletar, separar e distribuir para uma determinada área ou região específica.

                                     
ICO -Inventory Chain Optimization ou Otimização da Cadeia dos Estoques.
Índice de flexibilidade - representa a relação entre a média do lote de produção e a média do lote de entrega.
Insurance - Seguro. Contrato ou o risco assumido pelo segurador mediante o pagamento de um prêmio pelo segurado.
Internet: a maior rede do mundo, freqüentemente chamada de Super-Autoestrada da Informação (Information Superhighway). A Internet é uma rede virtual baseada na tecnologia de interrupção de pacote. Os participantes da Internet e sua topologia (modelo de configuração da rede) mudam diariamente.
Internet Commerce (comércio na internet): transações eletrônicas que acontecem na Internet. Exemplos de aplicações de comércio na Internet incluem bancos eletrônicos, sistemas de reservas de vôos e shoppings na Internet.
IP (protocolo da Internet): o protocolo padrão da Internet que define o pacote de dados (datagram) da Internet como a unidade de informação passada por meio da Internet. Fornece a base do serviço de entrega de pacotes de dados da Internet sem necessidade de conexão e sem compromisso (dos pacotes serem recebidos). O conjunto de protocolos da Internet é freqüentemente chamado TCP/IP porque IP é um dos dois protocolos fundamentais.
ISO -International Standards Organization. Esta organização estabeleceu normas e padrões técnicos seguidos internacionalmente.
ITU: International Telecommunications Union (união internacional de telecomunicações). Corpo de padrões que definiu o H.323 e outros padrões internacionais.

M



Just-in-Time ou JIT - é atender ao cliente interno ou externo no momento exato de sua necessidade, com as quantidades necessárias para a operação/produção, evitando-se assim a manutenção de maiores estoques.

Kaizen - Palavra japonesa que significa processo de melhorias contínuas, com bom senso e baixos investimentos.
Kanban - técnica japonesa com cartões, que proporciona uma redução de estoque, otimização do fluxo de produção, redução das perdas e aumento da flexibilidade.
KLT - Klein Lagerung und Transport ou Acondicionamento e Transporte de Pequenos Componentes.

Lading ou Loading - Carregamento de cargas ou embarque de cargas.
Lead Time - Tempo compreendido entre a primeira atividade até a última de um processo de várias atividades.
Lean Manufacturing - Produção Enxuta ou manufatura enxuta.
Leitura Omnidirecional - Tecnologia que possibilita a leitura do código de barras em qualquer posição, mesmo os de difícil leitura.
LIFO -Last-In, First-Out ou Ultimo que Entra é o Primeiro que Sai (UEPS).
LLP - Leading Logistics Provider ou Principal Fornecedor de Serviços Logísticos.
Localização -Palavra utilizada em Administração de Materiais, que significa o local exato em que o material está estocado. É composto normalmente por código alfa-numérico, que indica a sigla do depósito / galpão, corredor, coluna da estante e número da prateleira.
Localização Logística - É a forma de identificar geograficamente armazéns, depósitos, filiais, veículos, clientes, etc. As formas mais comuns são por coordenadas de latitude-longitude, códigos postais (CEP no Brasil) e coordenadas lineares simples ou malha, que nada mais são do que se colocar um papel vegetal quadriculado sobreposto a um mapa, com numeração das linhas horizontais e verticais.
Logística Empresarial - Trata-se de todas as atividades de movimentação e  armazenagem, que facilitam o fluxo de produtos desde o ponto de aquisição da matéria-prima até o ponto de consumo final, assim como dos fluxos de informação que colocam os produtos em movimento, com o propósito de providenciar níveis de serviço adequados aos clientes a um custo razoável.    (definição de Ronald H. Ballou no seu livro "Logística Empresarial").
Logística Reversa ou Inversa -No mercado é considerada como o caminho que a embalagem toma após a entrega dos materiais, no sentido da reciclagem das mesmas. Nunca voltando para a origem. Muitos profissionais também utilizam esta expressão para considerar o caminho inverso feito para a entrega, voltando para a origem, só que agora somente com as embalagens. Neste caso, tratam-se de embalagens reutilizáveis ou retornáveis, que são mais caras e específicas / próprias para acondicionar determinados materiais. Ocorre muito no setor automotivo para o transporte, por exemplo de pára-choques, painéis, etc.
Logística Reversa - O processo de movimentação de produtos de seu típico destino final para um outro local para fins de elevar o valor ora indisponível, ou para a adequada disposição dos produtos.   (definição do RLEC - Reverse Logistics Executive Council).
Lote Econômico ou Lote de Mínimo Custo - Considerando que para avaliar o gasto total de compra de determinado produto ou grupo de produtos é necessário verificar o custo de aquisição, custo de transporte, e custo de manutenção de estoque, e que quanto maior a quantidade adquirida menor o preço do produto e do transporte e maior o custo de manutenção do estoque, consiste em verificar através de arranjos de simulação, qual é o lote de compra que tem o menor custo total.
                             

Make or Buy (Fazer ou Comprar) - Processo de decisão da empresa em produzir um determinado item ou adquiri-lo de um fornecedor externo.
Make to Order - fabricação conforme pedido.
Make to Stock - fabricação contra previsão de demanda.
Manutenção Corretiva -Termo utilizado em Produção, que siginifica o conjunto de medidas operacionais técnicas de vistoria, visando reparar efetivos problemas dos componentes das máquinas e equipamentos, que comprometam a performance e desempenho dos mesmos, para que possam executar sua função normal.
Manutenção Preditiva - Termo utilizado em Produção, que siginifica   o conjunto de medidas operacionais técnicas de vistoria, que indica as condições reais de funcionamento das máquinas com base em dados que informam o seu desgaste ou processo de degradação. Trata-se da manutenção que prediz o tempo de vida útil dos componentes das máquinas e equipamentos e as condições para que esse tempo de vida seja melhor aproveitado.
Manutenção Preventiva - Termo utilizado em Produção, que significa o conjunto de medidas operacionais técnicas de vistoria, visando evitar possíveis problemas dos componentes das máquinas e equipamentos, que comprometam a performance e desempenho dos mesmos, para que possam executar sua função normal.
Margem de Contribuição - É igual ao valor das Vendas menos o valor dos Custos Variáveis e das Despesas Variáveis.
Marketing de Relacionamento - É um conjunto de estratégias que visam o entendimento e a gestão do relacionamento entre uma empresa e seus clientes, atuais e potenciais, com o objetivo de aumentar a percepção de valor da marca e a rentabilidade da empresa ao longo do tempo.
Marketplaces - Possibilitam que múltiplas empresas se comuniquem simultaneamente.
Market Share - Parcela do mercado abocanhada ou participação no mercado.
MBA ? Máster Business Administration.
Medidas de Desempenho - São instrumentos utilizados para avaliar a performance de qualquer atividade logística. Podem ser relatórios, auditorias, etc. Não se pode melhorar aquilo que não mensuramos.
Memory Card - Cartão destinado a armazenar informações como se fosse a memória do equipamento.
MES - Manufacturing Execution Systems ou Sistemas Integrados de Controle da Produção.
Milk Run - consiste na busca do(s) produto(s) diretamente junto ao(s) fornecedor(es), de forma programada, para atender sua necessidade de abastecimento.
Mobile Unit (UM): Unidade Móvel. Pode ser um terminal Spectrum24® Symbol, dispositivo PC com um adaptador sem fio, scanner de código de barras ou outro dispositivo de comunicação móvel.
Mobile Unit Mode (modo de unidade móvel): neste modo, o adaptador WLAN se conecta a um ponto de acesso (AP) ou outro sistema WLAN instalado, permitindo que o dispositivo trafegue (roam) livremente entre células AP de rede. As unidades móveis aparecem como nós da rede para outros dispositivos.
Modem: equipamento que converte sinais digitais em sinais analógicos e vice-versa. Modems são usados para enviar sinais digitais de dados sobre PSTN analógico.
Movimentação - É a parte da logística responsável pelo deslocamento interno de produtos em geral (acabados, matérias-primas, insumos, componentes, etc.). São utilizados vários tipos de equipamentos nesta operação, como empilhadeiras, tratores, veículos auto-guiados, carrinhos em geral, guindastes, etc.
MPS - Planejamento-Mestre da Produção.
MPT ou TPM - Manutenção Produtiva Total.
MRO - Manutenção, Reparo e Operação.
MRP - Material Requirements Planning ou Planejamento das Necessidades de Materiais.
MRP II  -Manufacturing Resources Planning ou Planejamento dos Recursos da Manufatura. 
MRP III - é o MRP II em conjunto com o Kanban.
MTM - Method Time Measurement ou Redutor do Tempo de Execução do Trabalho.
Multimodalidade -é a operação de realizar o deslocamento de mercadorias entre a origem e o destino final, utilizando diversos modais de transporte, sob a responsabilidade legal e contratual de um único operador.

Net Weight - Peso líquido da mercadoria / carga.
Nível de Serviço Logístico - Refere-se especificamente à cadeia de atividades que atendem as vendas, geralmente se iniciando na recepção do pedido e terminando na entrega do produto ao cliente e, em alguns casos, continuando com serviços ou manutenção do equipamento ou outros tipos de apoio técnico. (definição de Warren Blanding).

Obsolescência de Inventário (como indicador de eficácia) - é a quantidade de itens obsoletos, dividida pela quantidade total de itens, vezes 100%.
OCR - Reconhecimento Óptico de Caracteres.
Operador Logístico - Empresa especializada em movimentar, armazenar, transportar, processar pedidos e controlar estoques, entre outras coisas. Fornece seus serviços com profissionais treinados. O serviço pode ser no próprio OL ou nas dependências do cliente. Tudo dependerá do acordo firmado.
Outbound - Fluxos da fábrica para o concessionário.
Outsourcing - Provedores de serviços ou terceirização. Tendência de comprar fora (de terceiros) tudo o que não fizer parte do negócio principal de uma empresa.

PCM - Planejamento e Controle de Materiais.
PCMCIA Card (Personal Computer Memory Card International Association): cartão PCMCIA para PC. Um dispositivo do tamanho de um cartão de crédito usado em laptops e disponível como adaptadores de rede removíveis.
PCP - Planejamento e Controle da Produção.
PDCA - Plan, Do, Check e Action, ou Planejar, Executar, Verificar e Agir, ferramenta que implica na melhoria de todos os processos de fabricação ou de negócios.
PDM ou Product Data Management - É o gerenciamento de todas as informações e processos relativos ao ciclo de vida de um produto, sendo o período compreendido desde a concepção de um produto (projeto e produção) até sua obsolescência.
PDM - Padrão Descritivo de Materiais.
Pedido Mínimo - muitas empresas estabelecem um lote mínimo para aceitar uma ordem de compra, visando economias de escala para o atendimento. Desta maneira fazem baixar os custos do processamento de pedidos, já que para atender a um mesmo volume de negócios seria necessário um número maior de pedidos.
PEPS -é a nomenclatura para o método de armazenagem, em que o produto que é o Primeiro a Entrar no estoque é o Primeiro a Sair ou First-In, First-Out (FIFO).
PERT -Project Evaluation and Review Technique ou Técnica de Avaliação e Revisão de Projetos.
Pick and Pack - separar os materiais e etiquetar, embalar, etc.
Planejamento para Contingências - É planejar para alguma circunstância extraordinária que paralise a operação normal do sistema logístico. Estas contingências podem ser acidentes, greves, produtos defeituosos, paradas no suprimento, etc. Para toda a ocorrência prevista deverá ter um plano de ação emergencial previsto para ser colocado em prática.
Plug and Play: característica que permite que um computador reconheça o adaptador PCI e configure a interrupção, memória e endereços de reconhecimento do dispositivo do hardware; requer menor interação do usuário e minimiza conflitos de hardware.
Poka-Yoke - Palavra japonesa que significa métodos simples, que servem como a prova de falhas no processo.
Ponto de Ressuprimento - Quantidade determinada para que ocorra o acionamento da solicitação do Pedido de Compra. Também determinado "Estoque Mínimo".
Postponement -retardamento da finalização do produto até receber de fato o pedido customizado.
PPCP - Panejamento, Programação e Controle da Produção.
Produto Logístico - O que uma empresa oferece ao cliente com seu produto é satisfação. Se o produto for algum tipo de serviço, ele será composto de intangíveis como conveniência, distinção e qualidade. Entretanto, se o produto for um bem físico, ele também tem atributos físicos, tais como peso, volume e forma, os quais tem influência no custo logístico. (definição de Ronald H. Ballou).
Project team - Força tarefa.
Provedor Logístico - Fornece serviços baseados nas áreas da logística.
Pulmão - Utilizado geralmente em fábricas, serve para proteger  as atividades de produção, baseado em tempos e quantidades suficientes para não interromper o fluxo contínuo, considerando variáveis de estatísticas e de demandas, ou mesmo de gargalos operacionais.

                           

QFD ou Quality Funcion Deployment - Literalmente, Desdobramento da Função Qualidade. Metodologia com base nas pessoas para determinar rigorosamente as necessidades e desejos dos clientes.
QoS (Quality of Service): qualidade do serviço. Medida da qualidade do serviço de telefone fornecido ao assinante. A QoS se refere a coisas como: A ligação é fácil de ouvir? Ela é clara? É alta o suficiente?
QR - Resposta Rápida.
Quike Step - Em português significa passo acelerado.

Reengenharia - Método usado para reprojetar e reformar sistematicamente toda uma empresa, funções e processo.
RFDC - Radiofrequency Data Collection ou Coleta de Dados por Radiofrequência.
RFID - Radiofrequency Identification Data ou Identificação via radiofreqüência.
Rotatividade - É a indicação do número de vezes que um estoque se renovou. (Ra = Ca/Em) onde Ca é o consumo total anual e Em é a média aritmética dos 12 estoques mensais.

SAC ou Customer Service - Serviço de Atendimento ao Consumidor ou Cliente.
Saldo disponível - É a quantidade física em estoque, já abatendo as quantidades em estoque que estão reservadas.
Scanner - Aparelho ou sistema eletrônico que converte através de leitura ótica, informações codificadas em numeração alfanumérica ou simbolização em barras.
Scanning: um processo periódico onde a unidade móvel envia mensagens de sondagem em todas as freqüências definidas pelo código do país. As estatísticas permitem que essa unidade móvel re-associe sincronizando sua freqüência com o ponto de acesso. A MU continua se comunicando com aquele ponto de acesso até que precise trocar de células ou fazer roaming (transmitir fora de seu local).
SCE -Supply Chain Execution ou Execução da Cadeia de Abastecimento.
SCM - Supply Chain Management ou Gerenciamento da Cadeia de Abastecimento.
SCOR - Supply Chain Operation Model ou Modelo de Referência das Operações na Cadeia de Abastecimento. Foi crido pelo Supply Chain Council (USA) visando padronizar a descrição dos processos na cadeia de abastecimento.
Sealing - O ato ou processo de se fixar um lacre numa embalagem, mantendo a carga isolada até o seu destino. O lacre pode ser numa caixa, container, etc.
Set-up - tempo compreendido entre a paralisação de produção de uma máquina, a troca do seu ferramental e a volta de sua produção.
Shipping ou Expedição - Departamento de uma empresa que de posse da Nota Fiscal ou uma pré-Nota Fiscal identifica, separa, embala, pesa (se necessário) e carrega os materiais nos veículos de transporte.
Shipping Area - Área de Expedição.
SIL - Sistema de Informações Logísticas, providencia a informação especificamente necessária para subsídio da administração logística em todos os seus níveis hierárquicos. Para a alta administração serve para planejamentos, políticas e decisões estratégicas; Para a média gerência serve para planejamentos e decisões táticos; Para a supervisão serve para planejamentos, decisões e controles operacionais; Para o operacional serve para processamentos de transações e resposta a consultas.
SKU - Stock Keeping Unit ou Unidade de Manutenção de Estoque. Designa os diferentes itens de um estoque.
SLA  - Service Level Agreement ou Acordo sobre o Nível de Serviço.
SLM  - Service Level Management ou Gerenciamento do Nível de Serviço.
SLM  - Strategic Logistics Management ou Gestão Logística Estratégica.
Smart tag ou e-tag - Etiqueta inteligente que possui um microchip capaz de armazenar várias informações, como data de validade, lote de fabricação, descrição do produto, etc. Os dados são transmitidos por meio de radiofrequência a um equipamento de leitura.
SMS  - Short Mensaging System.
Supply Chain Management - Gerenciamento da Cadeia de Abastecimento.



TCP/IP: protocolo de rede que proporciona comunicação por meio de redes interconectadas, entre computadores com diversas arquiteturas de hardware e vários sistemas operacionais. TCP/IP é usado na indústria para se referir à família de protocolos comuns da Internet.
Tempo de Compra - É o período compreendido entre a data de recebimento, pelo Departamento de Compras, do Pedido de Compra (via papel ou sistema) até a data do fechamento do pedido.
Tempo de Fornecimento - É o período compreendido entre o fechamento do pedido de compras junto ao fornecedor, até a data de entrega dos materiais no local combinado.
Tempo do Pedido de Compra - É o período compreendido entre a requisição (via papel ou sistema) do usuário, até a aprovação final dos seus superiores, formalizando assim o documento (via papel ou via sistema), que seguirá para o Departamento de Compras.
Tempo de Recebimento - É o tempo compreendido entre a chegada do material, até a liberação do mesmo para estoque, após ter sido feita toda a conferência de quantidades, documentos, material (quebras, testes, se é o mesmo que foi solicitado, etc.).
Tempo de Ressuprimento - É a somatória de todos os Tempos, ou seja, o Tempo do Pedido de Compra mais o Tempo de Compra, mais o Tempo de Fornecimento, mais o Tempo de Transporte, mais o Tempo de Recebimento. Compreende o fechamento do círculo, entre a requisição por parte do usuário final, até o material estar disponível para utilização.
Tempo de Transporte - É o período compreendido entre a data de entrega do material no local combinado, até a chegada do mesmo no local de destino.
Time to Market ou Tempo até o Mercado - É o tempo necessário para projetar, aprovar, construir e entregar um produto.
TMS - Transportation Management Systems ou Sistemas de Gerenciamento de Transporte.
To Order - Documento ou título emitido à ordem.
Touch Screen - Tela sensível ao toque.
TQC ou Total Quality Control - Literalmente, Controle da Qualidade Total. Sistema criado em todas as fases de uma empresa de manufatura, da engenharia de projeto à distribuição, que busca assegurar ?defeito zero?  na produção.
Transporte - É a parte da logística responsável pelo deslocamento de cargas em geral e pessoas, através dos vários modais existentes.
Turnover - Palavra em inglês, que na tradução quer dizer: rotatividade; movimentação; giro; circulação; medida da atividade empresarial relativa ao realizável a curto prazo; vendas.   
   
UEPS - é a nomenclatura para o método de armazenagem, em que o produto que é o Último a Entrar no estoque é o Primeiro a Sair.
Unitização - é agregar diversos pacotes ou embalagens menores numa carga unitária maior.
UPC - Universal Product Code ou Código Universal de Produto.

VAN - Value Added Network.
VMI - Vendor Managed Inventory ou Estoque Gerenciado pelo Fornecedor, que é quando o fornecedor em parceria com o cliente, repõe de forma contínua o estoque do cliente, baseado em informações eletrônicas recebidas.

XML  - Extensible Markup Language, protocolo de comunicação.

WCS - Warehouse Control Systems ou Sistemas de Controle de Armazém.
Wireless - Sistema de acesso sem fio.
Wi-Fi: um logotipo conhecido como ?selo de interopabilidade? pela WECA (Wireless Ethernet Compatibility Alliance). Somente produtos de redes sem fio selecionados possuem esta característica da IEEE 802.11b.
Wireless AP Support (suporte de AP sem fio): ponto de acesso, funciona como uma ponte para conectar duas LANs Ethernet.
Wireless Locar Area Network (WLAN): rede local sem fio. Uma LAN sem fio é um sistema de comunicação de dados que fornece conectividade peer-to-peer (de componentes homólogos) sem fio (PC para PC, PC para hub, ou impressora para hub) e ponto a ponto (LAN para LAN) dentro de um edifício ou conjunto de edifícios. No lugar de cabos TP ou coaxiais ou ainda fibra óptica, como usado em uma LAN convencional, as WLANs transmitem e recebem dados de ondas eletromagnéticas. As WLANs realizam funções de comunicações das redes tradicionais, como transferência de arquivos, compartilhamento de periféricos, e-mail e acesso a banco de dados, bem como para aumentar LANs cabeadas. As WLANs devem incluir NICs (adaptadores) e pontos de acesso (bridges nos edifícios), e pontes para comunicações entre edifícios (LAN-LAN).
Wireless Personal Area Network (WPAN): rede pessoal sem fio. PANs são baseadas numa especificação global chamada Bluetooth que usa rádio-freqüência para transmitir voz e dados. Sobre uma curta faixa, essa tecnologia de substituição de cabos sincroniza, sem fios e de forma transparente, os dados por meio dos dispositivos e cria acesso a redes e à Internet. Bluetooth é ideal para profissionais em movimento que precisam ligar notebooks, telefones móveis, PDAs, PIMs e outros dispositivos de mão para fazer negócios em casa, na estrada e no escritório.
Wireless Wide Area Network (WWAN): rede de comunicação expandida sem fio. WANs utilizam sistemas de telefonia móvel digital para acessar dados e informações de qualquer local na faixa de uma torre de célula conectada a uma rede capacitada para dados. Usando o telefone móvel como um modem, um dispositivo de computação móvel, como um notebook, PDA ou um dispositivo com um cartão de rádio isolado, pode receber e enviar informações de uma rede, de sua intranet corporativa ou da Internet.

WMS - Warehouse Management Systems ou Sistemas de Gerenciamento de Armazém.
Workflow - Processo no qual a informação flui por toda organização, de maneira rápida e organizada, seguindo a sequência pré-estabelecida de tramitação.
WWW - World Wide Web.

                                        
VOLTAR PARA O TOPO

Fonte: Guia de Logística  www.guialog.com.br